Quebrou. E agora? Como consertar suas coisas sem precisar sair de casa

Quebrou. E agora? Como consertar suas coisas sem precisar sair de casa

6 10 99
Quebrou. E agora? Como consertar suas coisas sem precisar sair de casa 10 6 99

Você é uma pessoa que passa muito tempo em casa e zela por ela? Conheça dicas imperdíveis para realizar você mesmo reparos que forem necessários.



Ter e cuidar da nossa própria casa traz uma das melhores sensações de independência e liberdade que podemos ter. Muitos(as) carregam esse como um de seus principais objetivos a médio-longo prazo.

A situação pode ser ainda melhor para quem trabalha em casa, na modalidade home office, e gosta disso. 

Esses profissionais têm a chance de permanecer mais tempo no conforto do lar e desfrutar ainda mais da sensação de maior independência.

Pode ser o caso de quem trabalha com blogs. Sensação de liberdade tanto no sentido profissional quanto pessoal. 

E, geralmente, essas pessoas tem como natural o mindset de “faça-você-mesmo” (a expressão vem da sigla DIY – “Do It Yourself – do inglês).

No entanto, essa mentalidade autossuficiente e independente também deve ser aproveitada nos cuidados da sua casa. Afinal, manter tudo em ordem e funcionando bem em casa requer comprometimento.

Foi pensando nisso que preparamos esse artigo, com algumas dicas rápidas de como você mesmo pode consertar suas coisas sem ter que sair de casa.

Por que saber fazer reparos pontuais é importante?

- Autonomia:
De acordo com uma definição do “Grupo StoneStack”, a metodologia “faça-você-mesmo” é um método de construir, reparar ou modificar as coisas sem a interferência de profissionais ou experts.

O método sempre existiu, mas a partir dos anos 1950 ressurgiu a tendência de usar o termo. 

Na época, era apropriado principalmente por pessoas que realizavam construções e pequenos consertos em suas próprias casas.

Com certeza você deve ter objetos em sua casa esperando por reparos. Ao adotar essa metodologia, você agrega uma boa dose de independência ao seu dia a dia de casa e não fica dependente desses profissionais.

- Economia:
Agora imagine que você precise realizar um pequeno reparo numa porta, ou em algum objeto de plástico e metal. 
Os profissionais e especialistas em reparos e consertos podem cobrar altos valores para realizar o trabalho.

Fazendo você mesmo, além de economizar dinheiro, economiza tempo, te poupando de todo o trabalho envolvido nessa busca por um especialista. Isso faz com que você, inclusive, aumente a produtividade de seu home office, se for o caso.

Algumas dicas muito boas e práticas

·         Consertos com super bonder
Suponhamos que a sola de um sapato que você usa muito descole, ou que alguma peça de óculos solte da armação. 

Uma resolução rápida é aplicar as colas do tipo super bonder.

Os consertos com super bonder são formas muito práticas de colar partes soltas de objetos. É a saída ideal para reparos pontuais.

·         Reparos em portas
Apesar de aparentarem inocência, as portas necessitam sempre de reparos ocasionais. Quando arrastam, fazem barulho ou estão emperradas, podem nos deixar com um problema muito chato.

Aqui, três aspectos merecem destaque:
  1. -        Identificação do local do problema;
  2. -        Verificação das peças;
  3. -        Plano de ação.

Geralmente, problemas como falta de lubrificação e parafusos muito curtos são fáceis de resolver.

·         Pintar como um profissional
A pintura de paredes, quando bem sucedida, pode gerar revitalização do espaço e aumentar o valor de seu imóvel. 

Ela é importante, principalmente quando começam a ficar visíveis os desgastes nas paredes.

No entanto, é preciso cuidado. Quando a pintura é malfeita, os buracos na parede são muito fáceis de ver.

Para pintar você mesmo, preparação é a chave. Separe todos os materiais e ferramentas necessários e esteja atento à superfície que receberá a tinta. Isso pode implicar no tipo de material que você irá comprar. 

Uma dica importante é dar preferência a produtos impermeabilizantes.

E aí? Preparado para se tomar as rédeas de reparos em casa e se tornar mais um adepto do “faça-você-mesmo”?

Anterior
Novidades
Próximo
Postagem mais antiga

0 comentários:

Postar um comentário

ATENÇÃO: Caso esteja com dificuldades com seu blog, abra um tópico no Fórum de Ajuda do Blogger que nós iremos te ajudar a resolver.


Os comentários passam por um sistema de moderação. Não serão aprovados os comentários:
- não relacionados ao tema do post;
- com pedidos de parceria;
- com propagandas (spam);
- com link para divulgar seu blog;
- com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;

 
Dicas Blogger© 2007-2015 | Todos os direitos reservados | Design By Duy Templates
Top