quinta-feira, 17 de abril de 2014

Registro de domínios no Brasil cresce e Registro.br completa 25 anos

O Registro.br é um dos registradores de domínio mais confiáveis e fáceis de usar no Brasil. Quem deseja ter um domínio com.br, net.br, org.br ou blog.br, além de outras opções, dependendo da sua área de interesse e atuação, poderá facilmente comprar seu domínio por R$ 30,00 ao ano.


O domínio .br possui registrados até o momento mais de 3.407.384 domínios, registrados ao longo de 25 anos. Isso mesmo! Em 18 de abril de 1989, Jon Postel do IANA - The Internet Assigned Numbers Authority, transferiu a gestão do domínio .br ao grupo que operava as redes acadêmicas do país. A primeira subdivisão ocorreu em 1991, estabelecendo as extensões org.br, gov.br, com.br, net.br e mil.br. Em 1996, o .br já havia registrado 851 domínios, encerrando o ano em 7.507 registros.

Em 2008 ocorreu uma das decisões mais importantes para os blogueiros, que foi a permissão da compra do domínio com.br por meio do CPF. Até então, só era possível adquirir um domínio com.br por meio de um CNPJ. Com a permissão, ficou fácil a personalização do domínio nacional, sem a necessidade de usar subterfúgios para comprar com o CNPJ ou se enroscar ad eternum com o subdomínio oferecido pela plataforma de blogagem, como o blogspot.com no Blogger.

Entre as vantagens de registrar um domínio no Registro.br estão a possibilidade de registrar por um período superior a um ano, podendo chegar até 10 anos. A simplicidade do painel que permite ao usuário encontrar os locais de configuração de forma rápida, como por exemplo a configuração dos CNAMEs. Nesse aspecto, vale lembrar que o Registro.br reformulou completamente o layout do site este ano, coisa que não era feita a muito tempo.

Além disso, o idioma original está em português. E, o prazo para renovação do domínio não é tão rígido. Se você esquecer por alguns dias além do prazo, pode ser possível recuperar o domínio. Pelo menos foi essa experiência que eu tive. Graças a Deus!

Se você tiver interesse em conhecer um pouco mais do Registro.br, pode acessar esta página de estatísticas para acompanhar o crescimento do registro de domínios no Brasil.
Continue lendo ►

terça-feira, 25 de março de 2014

Erro BX na edição do HTML do Blogger

Vários usuários estão reportando no fórum que não conseguem fazer edições no HTML do Blogger. Ao tentar editar o template aparece um erro BX. E, mesmo depois de seguir todas as orientações sugeridas no artigo, como resolver um erro bx no Blogger, o problema não é resolvido.



É possível que este erro esteja sendo causado pelo Gadget seguidores. Há algum tempo algumas funcionalidades relacionadas a este gadget não funcionam regularmente, apresentando pequenas inconsistências na sua execução. Que, dependendo da importância que esse ele tem para o blogueiro, pode ser uma dor de cabeça.

A lista de leitura do feed do Blogger é baseada no gadget seguidores do Google Friend Connect, que não recebe atualização há um bom tempo. É por isso, que essa lista pode apresentar algumas instabilidades, já que a plataforma do Blogger vem sendo atualizada. Sempre recomendo que o ideal é acompanhar o blog por um leitor de feeds como o Feedly, assim você não ficará na dúvida se as suas postagens estão ou não sendo enviadas para o feeds.

Entretanto, para resolver o problema da edição pelo HTML estamos recomendando a exclusão do gadget. Principalmente, se ele foi adicionado pelo HTML ou usando o gadget HTML/JavaScript. Depois de realizar este procedimento, alguns blogueiros conseguiram editar novamente o HTML do blog.

Se você tiver interesse em acompanhar a discussão no fórum, acesse esse tópico.

Qualquer novidade, voltaremos a atualizar este artigo. E você, teve problemas com a edição do HTML? Conseguiu resolver removendo o gadget seguidores?
Continue lendo ►

terça-feira, 18 de março de 2014

Como resolver um erro BX no Blogger


Que usuário no Blogger nunca viu um erro BX? Vira e mexe eles aparecerem e, em cada exibição, um código diferente é gerado. Mas sempre que aparecem é sinal de que algo não está muito certo. Isso pode estar relacionado ao código do template do blog, ao navegador, a atividade que o usuário está tentando realizar e, até mesmo, à própria plataforma do Blogger, que sempre passa por atualizações para melhorias e correções de pequenos erros. Mas, é importante saber, que com ações rápidas e super fáceis de serem realizadas, você conseguirá resolver a grande maioria deles.



Casos específicos em que o erro BX pode aparecer


Troca de template: alguns usuários já reportaram o erro quando foram alterar o template do blog. Por isso, é importante mudar o template da maneira correta.

Edição do HTML: Editar o HTML do blog requer cuidado, atenção e certeza do que está sendo feito. Qualquer alteração mal executada poderá afetar o blog. Mas, alguns usuários, também podem receber a exibição do erro BX quando tentam fazer alguma alteração. Por isso, saiba tudo sobre o novo editor HTML do Blogger.

Criação de páginas estáticas: Ao exceder o limite de páginas do Blogger, principalmente, quando o usuário fez a importação do blog de outra plataforma, o erro BX também pode aparecer.

Postagens pelo Safari: Recentemente, os usuários de Macs, iPhones e iPads não conseguiam fazer posts por meio do Safari nesses dispositivos. Sempre que o usuário tentava criar um artigo, o erro BX era exibido.

Como resolver um erro BX


Na grande maioria das vezes esses erros são temporários e possíveis de corrigir com simples ações. Como por exemplo:

1. Limpeza de cache e cookies (completa): ao limpar o cache e os cookies do navegador, você estará eliminando qualquer interferência ou impedimento que eles possam causar a ações específicas no seu blog. http://goo.gl/x0r9s

2. Use outro navegador: Se um navegador está com problema e não permite que você execute ou conclua determinada tarefa, trocá-lo pode ser uma alternativa. Por exemplo, conforme mencionei acima, os usuários não estavam conseguindo postar pelo Safari. Nesse caso, usar outro navegador pode corrigir o problema. Já que esses erros BX são temporários. Além disso, o Internet Explorer não é muito compatível com o Blogger. Vira e mexe há algum problema específico de erro BX relacionado a este navegador.

3. Use o modo de navegação anônima: É comum o uso de extensões nos navegadores. Elas auxiliam em várias atividades na internet, mas também podem gerar algumas incompatibilidades com outras tarefas. Por isso, vale a pena testar o uso da navegação anônima. Esta opção impede o registro dos caches e cookies e desabilita a execução dessas extensões.

4. Habilite o modo de rascunho no Blogger: Outra alternativa viável é a ativação do Blogger in Draft. Você pode acessar diretamente por meio deste link ou configurar no painel do Blogger, para que sempre que acessar, já acesse por meio desta versão.


Os problemas que estiverem relacionados a qualquer interferência do navegador poderá ser facilmente corrigida com as dicas acima, até mesmo os erros que aparecem após uma atualização da plataforma. Contudo, se o problema persistir, talvez seja o momento de dar uma olhadinha no fórum do Blogger e verificar se mais alguém também está com o mesmo problema.

Por via de regra, eles são temporários. Mas, pode acontecer de alguns estarem relacionados a outros problemas e demorarem um pouco mais para serem resolvidos pela equipe do Blogger.

E você, está com algum erro BX aparecendo com frequência no seu blog?
Continue lendo ►

segunda-feira, 17 de março de 2014

Como compartilhar arquivos no Blogger

Um dos desejos mais antigos dos usuários do Blogger, é que a plataforma oferecesse um serviço de hospedagem de arquivos. Há alguns meses atrás, eu e a Pri tivemos a oportunidade de conversarmos com um engenheiro do Blogger e fizemos essa solicitação, porém a recomendação dele foi que usássemos o serviço Google Drive. Então, pessoal, por enquanto nada de serviço de hospedagem nativo no Blogger.

O Google Drive aceita diversos tipos de arquivos: PDF (.pdf), Word (.doc, .txt), Excel (.xls), Power Point (.ppt) entre outros. Segundo consta na Central de Ajuda do Google Drive, os usuários podem fazer o upload de qualquer tipo de arquivo, incluindo arquivos executáveis (.exe ou .vbs, por exemplo) e compactados.

Antes de mais nada é preciso criar ou enviar ao Google Drive o arquivo que será compartilhado no Blogger. Na imagem abaixo, vemos o painel do Drive e as opções "criar" e "fazer upload":
Caso você não saiba como usar o Google Drive, acesse os seguintes artigos:
  1. Manual do Google Drive
  2. Central de Ajuda do Google Drive
Uma vez inserido ou criado o arquivo, clique na caixinha que fica do lado esquerdo do nome do arquivo, depois clique em "mais" e em "compartilhar" e em "compartilhar" novamente.

A seguir, abrirá um pop up, com uma URL. Para que o arquivo possa ser compartilhado, é preciso deixá-lo público. Para tanto, onde está escrito "particular" devemos clicar em "alterar" e escolher a opção "público na web". Clique em "salvar"

Copie a URL disponibilizada e coloque em seu post no Blogger.
O que o Drive, teoricamente, não faz é disponibilizar o arquivo para download. Ele disponibiliza apenas para visualização. Veja um exemplo com o nosso tradutor.

Mas nesta semana, quando eu estava rascunhando este post, o mestre Aparecido Rosário postou uma forma de colocar os arquivos do Drive para serem baixados! Acessem o post dele:

Como colocar arquivos para download no Blogger
Continue lendo ►

quinta-feira, 6 de março de 2014

Estatísticas do Blogger registram visitas de sites estranhos

A origem de tráfego tem deixado alguns blogueiros preocupados. Isso porque, alguns blogs, normalmente com pouca visitação, estão apresentando em suas estatísticas visitas vindas de sites estranhos, indesejáveis e de conteúdo adulto. Esses links estranhos somem na mesma proporção em que aparecem. Mas, será que isso pode prejudicar o blog? O que pode ser feito para impedir que esses sites de spam parem de enviar visitas para o blog?


Que sites são esses?


Estes sites são conhecidos como referer spam e usam essa técnica para gerar tráfego para os seus próprios sites. Em resumo, quando o proprietário de um blog verifica, em suas estatísticas, que um site desconhecido está enviando visitas para o seu blog, ele clica para saber de onde a visita está vindo e, com isso, acaba gerando page views para o site spam. A publicação de logs de acesso e referências estatísticas, normalmente feitas por contadores gratuitos, também contribui para isso, já que os mecanismos de buscas podem rastrear os logs de acesso.

Entretanto, ninguém está realmente acessando o seu blog a partir destes sites e lendo o seu conteúdo. Assim, como também não existem links que façam a ligação para o seu blog. Esses sites geram, em grande quantidade, um script que simula o acesso aos servidores do Blogger por meio de páginas falsas. As estatísticas registram essa informação, mas na verdade, não houve acesso ao blog, apenas uma tentativa por meio de script para que ficasse registrado e, com com base na curiosidade alheia, gere tráfego de volta.

Essas fontes de tráfego podem afetar o meu blog?


Conforme descreveu o Nitecruz, TC do Blogger em inglês: "não existem links reais para o seu blog a partir desses sites - nem seu conteúdo está sendo lido a partir do computador de ninguém. Nem o page rank do seu blog, nem a reputação dele é afetada, nem de um jeito e nem de outro, por referer spam." Somente você, nas estatísticas do Blogger, pode ver esses sites.

Isso quer dizer que seu blog não será prejudicado por causa desses sites. Mas como esse comportamento é registrado pelas estatísticas do Blogger como page views, o que pode acontecer é a oscilação nas visualizações de páginas para mais ou para menos. Um blog que está iniciando e possui em média 50 visitas por dia, verá as visitações flutuarem com mais frequência. Mas isso não prejudica o blog, como disse abaixo, utilize o Google Analytics como contador principal.

O Google poderá deletar o seu blog ou aplicar uma punição na indexação apenas se você ferir as políticas de conteúdo e os termos de uso. Os blogs excluídos por spam não estão relacionados a este problema de origem de tráfego por meio de referer spam.

Ah! Mas o Google não bloqueia esses sites?


Sempre que o volume de tráfego indesejado é verificado, os engenheiros do Google bloqueiam. Mas as URLs são criadas e alteradas por esses sites de spam diariamente, eles nunca param. O que torna o combate cada vez mais trabalhoso.

Como bloquear visitas de sites estranhos?


1) Não clique nesses links: ao clicar, o seu blog irá aparecer como fonte de tráfego para eles e, assim, continuaram enviando mais referências de URLs indesejáveis pra você. Lembre-se: seu blog não estará linkado nesse tipo de site. Então, pare de clicar nesses links!!! Um clique desse, pode até infectar sua máquina se a página possuir algum código malicioso.

2) Não publique os logs de acesso do seu blog e as fontes de tráfego: isso continuará incentivando a criação de referer spam. Normalmente, essas publicações acontecem por meio de serviços de estatísticas gratuitos. Por isso, não use qualquer contador de estatísticas disponível. Esses contadores também podem gerar códigos maliciosos e causar outros problemas em seu blog, como o redirecionamento do domínio para outros endereços.

3) Continue desenvolvendo o seu blog: essas referências costumam aparecer em blogs menores, que não possuem um volume de tráfego significativo de outros blogs/sites. Conforme o seu blog for crescendo, elas não apareceram mais e, se aparecerem, será em casos limitados. Não se preocupe com isso, concentre-se em atrair visitantes para o seu blog.

4) Use o Google Analytics: Nenhum contador exibe uma contagem exata das visualizações de página de um blog ou site, mas o Google Analytics é o mais confiável e, também, o mais utilizado para esse fim. As estatísticas do Blogger são mais instáveis. Por isso, é importante saber como usar o Google Analytics.

5) Não use o disallow: Essa opção disponibilizada na ferramenta para Webmasters do Google só deve ser utilizada quando necessário e por quem tem certeza do que está fazendo. Pois, se feita de forma incorreta, poderá prejudicar a indexação do seu blog.

Em resumo, a primeira coisa a fazer é não se preocupar com isso e continuar concentrando seu trabalho em melhorar o seu blog. Spammers não devem receber atenção, sempre que você se preocupa com eles o volume aumenta. E, como você pode ter observado, quanto mais você clicar nesses sites de URLs estranhas, mais o seu blog registrará essas visitas indesejáveis.

O seu blog tem recebido essas visitas? Chegou a usar alguma outra alternativa para amenizar o registro desses sites de spam? Comente!!!

Continue lendo ►

quarta-feira, 5 de março de 2014

Quais são os limites de uso do Blogger

O Blogger oferece uma boa estrutura para quem deseja ter um blog, mas isso também implica em um limite. Alguns desses limites podem influenciar diretamente no desempenho e no layout do blog, por isso é importante conhecê-los.

Limites da conta


Sobre os limites da conta, vale lembrar que o Blogger permite que o usuário tenha até 100 blogs por conta e, para aqueles que pretendem ter um blog privado ou restringir os comentários apenas para membros, cada blog poderá ter até 100 membros adicionados.

Limite de dias para a recuperação de um blog excluído


Se excluir seu blog, você terá até 90 dias para recuperá-lo. Depois disso, o blog é removido completamente e o endereço ficará disponível para outros usuários registrarem.

Limites das postagens e dos marcadores


Quanto às postagens, não há um limite. Você pode criar quantos posts quiser, mas ao atingir um número, aproximadamente, acima de 30 artigos publicados em um mesmo dia, por segurança, o captcha será ativado, e, para prosseguir, você será obrigado a inserir o código e confirmar. Entretanto, cada postagem poderá ser marcada com até 20 marcadores, limitando-se a dois mil marcadores exclusivos por blog. Para gerenciá-los melhor, você poderá ver como inserir, editar e excluir marcadores no Blogger.

Se você usa um modelo do Blogger, é possível editar, por meio do painel do Blogger, a quantidade de posts que são exibidos na primeira página. O limite é de 500 postagens ou de 500 dias na página principal, lembrando-se que esse número pode ser reduzido em razão do tamanho da página. O que também não é recomendado.

Limites das páginas


Diferente das postagens, você conseguirá criar apenas 20 páginas por blog. Porém, elas também obedecem ao limite de tamanho da página.

Limites de tamanho da página


Contudo, para melhorar o desempenho do blog, as páginas individuais são limitadas a 1 MB de tamanho. Esse limite não parece ser uma regra rígida, mas blogs que possuem muitas imagens, muitos posts na página inicial, vários gadgets e widgets na barra lateral, entre eles players de música, podem ter o carregamento do blog afetado. Por isso, é importante testar o tempo de carregamento do seu blog. Já que o Blogger irá considerar a quantidade de conteúdo enviada para o seu navegador e, dependendo da quantidade de HTML e do número de imagens, a página terá problemas para ser completamente carregada.

Limites dos comentários


Não há limitação nos comentários, entretanto, um velho problema no Blogger limita o carregamento quando a página atinge 200 comentários. Além disso, outro probleminha é limitação na exibição de caracteres dos comentários na área de moderação. Se você recebe comentários muito grandes em seu blog, já deve ter percebido que não é possível ler tudo o que o comentarista escreveu antes de aprovar. Isso quer dizer que, ou você aprova o comentário confiando que o leitor não escreveu nenhuma besteira ou, então, aprova e vai terminar de moderar no post publicado. Enfim, a área de comentários do Blogger continua deixando a desejar.

Limites de espaço de armazenamento


O espaço oferecido gratuitamente para que você armazene as imagens do seu blog é de até 5 GB. Mas, se você tiver atualizado o seu perfil do Blogger para o Google+, o Google permite 15 GB de espaço de armazenamento compartilhado entre os serviços do Gmail, do Google Drive e das fotos do Google Plus. Se você usa o Blogger Mobile para postar, terá disponível um limite de 250 KB por foto.

Limites de caracteres


Algumas opções de descrição possuem uma quantidade de caracteres limitados. Por exemplo:
Descrição do blog: 500 caracteres;
Metatags: 150 caracteres;
Informações do perfil: 1.200 caracteres.

Limite na personalização da URL


Há algum tempo atrás o Blogger liberou a personalização da URL, eliminando o limite de 80 caracteres e permitindo que o blogueiro pudesse escolher os caracteres que seriam inseridos. Mas ainda falta algo. Hoje, ainda não é possível personalizar completamente a URL e, aqueles que possuem um blog no Blogger, precisam submeter seus posts à definição de ano e mês, o que no WordPress é possível configurar.

Perfil do Blogger


O Google vem incentivando o uso do perfil do Google+, mas também é possível usar o perfil do Blogger. Entretanto, se você associar o seu perfil do Blogger ao do Google+, terá apenas 30 dias para desfazer a associação.

Em alguns aspectos o Blogger possui limites bem generosos, como a opção de ter 2000 marcadores. Contudo, outros limites podem não agradar muito. E, é isso que gostaria que você compartilhasse: Qual é o limite imposto pelo Blogger que não atende a sua necessidade?
Continue lendo ►